Está aqui
Início > Mobilidade > Notícias > MOTORIZAÇÃO E-POWER SERÁ REALIDADE NA EUROPA

MOTORIZAÇÃO E-POWER SERÁ REALIDADE NA EUROPA

Presente no 89.º Salão Internacional do Automóvel de Genebra 2019, com a apresentação do protótipo crossover IMQ a Nissan anunciou que o inovador grupo motopropulsor elétrico, que equipa o concept «começará a ser disponibilizado em automóveis da marca em 2022». O premiado sistema e-Power da Nissan será lançado como solução motopropulsor eletrificado nas viaturas que a marca venha a disponibilizar na Europa.

“A tecnologia fará a sua estreia nos mercados europeus em 2022”, afirmou Roel de Vries, vice-presidente Executivo da Nissan, no Salão Automóvel Internacional de Genebra, que decorre até ao próximo domingo, 17 de março.

O Nissan e-POWER tornou-se um sucesso junto dos consumidores no Japão, onde a tecnologia ajudou a tornar o Nissan Note no automóvel matriculado mais vendido no país. Ao combinar o acionamento por motor 100% elétrico com um motor a gasolina que carrega a bateria, os automóveis com tecnologia e-POWER proporcionam aos clientes uma aceleração instantânea e suave e uma eficiência de combustível excelente.

A introdução da tecnologia na Europa vai reforçar a liderança da Nissan em veículos elétricos na região, onde o Nissan LEAF já é o automóvel elétrico mais vendido.

Com base no sucesso do LEAF, a e-POWER vai integrar o conjunto de novas tecnologias que vão ser implementadas nos veículos mais vendidos da Nissan na Europa nos próximos três anos. Até 2022 as vendas de veículos elétricos Nissan terão quintuplicado e até final desse ano representarão para a marca o dobro da média de mercado.

O IMQ é uma demonstração de tecnologia avançada e design aliados a uma versão de tração integral da e-POWER. O protótipo reflete a posição de liderança da Nissan nos crossovers, com um visual que desafia os limites do que um crossover compacto europeu pode ser.

“A Nissan já é líder mundial em tecnologias de automóveis elétricos de comercialização em massa e a nossa meta é agora uma Europa totalmente elétrica”, afirmou de Vries.
“Com a chegada da e-POWER às estradas europeias dentro dos próximos dois anos iremos trazer os benefícios da Mobilidade Inteligente Nissan a mais clientes e continuar a mover as pessoas para um mundo melhor”.

Motor a gasolina utilizado exclusivamente para carregar a bateria

O sistema e-POWER inclui um motor a gasolina com um gerador de potência, um inversor, uma bateria e um motor elétrico. Utilizado exclusivamente para carregar a bateria de elevado rendimento, o motor a gasolina funciona sempre à velocidade ideal. Isto permite uma eficiência de combustível superior e emissões mais baixas comparativamente a um motor de combustão interna tradicional.

Atualmente, a tecnologia e-POWER está disponível nos modelos Note e Serena no Japão. Mais de 70% das vendas do Note e quase metade das vendas do Serena naquele país são versões e-POWER.

A liderança da Nissan em automóveis elétricos é acentuada pelo anúncio de que o Nissan LEAF 100% elétrico atingiu vendas totais globais de 400.000 unidades, reforçando a sua posição como o automóvel elétrico mais vendido do mundo. A partir de 6 de março, a gama Nissan LEAF e+, que incorpora uma nova bateria de maior dimensão, está disponível nas versões N-Conecta e Tekna para encomendas de clientes nos websites para consumidores europeus da Nissan.

Mais de 3.000 clientes já encomendaram o Nissan LEAF com bateria de 62 quilowatts-hora, apenas um mês após o seu lançamento global.

A Nissan Energy também se tornou o centro das atenções. Mais perto do final do ano a Nissan irá comercializar a Nissan Energy ROAM, uma bateria portátil resistente às condições climatéricas. A ROAM vai utilizar células de baterias anteriormente utilizadas nos LEAF e proporcionar uma capacidade de armazenamento de 700 watt-hora e uma potência de saída de 1 quilowatt.

#TablierMagazine
Fonte: Nissan

TablierMagazine
Informação relevante.
http://www.tablier.pt
Top