F1 GP DE MONZA: KIMI RAIKKONEN NA POLE POSITION

Monza. Este fim de semana realiza-se o Grande Prémio de Itália de Fórmula 1, 14.ª prova do Campeonato do Mundo. A Ferrari corre em casa e é favorita.

A Scuderia traz da Bélgica a vitória e a motivação para fazer mais um brilharete. E após o período de Qualificações cheio de surpresas e acidentes, Kimi Raikkonen conseguiu a pole position, a sua primeira esta temporada.

 

Kimi Raikkonen (Ferrari) cumpriu a volta mais rápida ao circuito de Monza em 1:19,119s.

A seu lado, na primeira linha da grelha de partida está o seu colega de equipa, Sebastian Vettel (1:19,629s).

Se a primeira linha da grelha de partida é dominada pela equipa da casa, a Ferrari, a segunda pertence aos eternos rivais a Mercedes, com Lewis Hamilton, que cumpriu a sua volta mais rápida em 1:19,798s.

E Valtteri Bottas, que fecha a segunda linha com o tempo de 1:20,427s.

Mas, além da surpresa, ou não, das duas primeiras linhas da grelha de partida serem preenchidas por Ferrari e Mercedes, registaram-se verdadeiras surpresas com a penalização de que foram alvo pilotos como Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) e Nico Hulkenberg (Renault), que nem chegaram a participar na Q2 partindo este domingo, do final da grelha de partida.
As surpresas prosseguem com o aumentar do grupo de eliminados para o período de qualificações, caso de Fernando Alonso (McLaren) e Kevin Magnussen (Haas), que na pista tiveram uma troca de “arrufos” cuja onda de choque acabou por envolver, na zona das boxes, os respetivos diretores de equipa. Nada abonatório para as equipas.
Esperemos que as desavenças, ou picardias, entre os pilotos fiquem por aqui e, este domingo, no decorrer do GP de Itália tudo decorra de forma pacífica.

 

Do balanço destes dias de preparação para o GP de Itália fica o acidente de Marcus Ericsson, no decorrer da segunda sessão de Treinos Livres, com o Sauber a fazer diversas piruetas sobre si mesmo até se imobilizar com evidentes sinais de destruição.
Felizmente o piloto sueco saiu intacto do acidente, embora tenha passado pelo centro médico para avaliação do seu estado de saúde. O Sauber ficou muito destruído. O acidente aconteceu devido a uma falha no sistema de DRS na asa traseira.

O GP de Itália de F1 começa, este domingo, às 14h10 de Portugal Continental.

Formula 1 Gran Premio Heineken D’Italia 2018 – Circuito de Monza

Quadro da Qualificação GP Itália

Fórmula 1 Gran Premio Heineken D’Italia 2018 – Circuito de Monza

 

Primeiro Grande Prémio: 1950
Número de Voltas: 53
Comprimento do circuito: 5,793 km
Distância da Corrida: 306,72 km
Volta Record: 1:21.046 – Rubens Barrichello (2004)

#TablierMagazine
Fonte: F1.com | Fotos e Video: Daimler  / F1.com Twitter

Related posts