F1 SPA FRANCORCHAMPS: SEBASTIAN VETTEL VENCE GP DA BÉLGICA

Bélgica. Formula 1 2018 Johnnie Walker Belgian Grand Prix – Spa-Francorchamps marca o reinício da temporada de F1 após o período de férias.

Após uma qualificação pouco satisfatória para a Ferrari a verdade é que foi Sebastian Vettel o vencedor do GP da Bélgica, 13.ª prova do Mundial de Fórmula 1. O alemão completou as 44 voltas da prova em 1:23:34.476m averbando importantes pontos que o deixam agora a 17 de Lewis Hamilton (231 pontos), que atualmente lidera a classificação do mundial de pilotos.

Lewis Hamilton (Mercedes) que cortou a meta em segundo lugar gastou mais +11.061s que o piloto alemão da Ferrari.

Max Verstappen (Red Bull) ficou com o terceiro lugar do pódio a mais 31.372s que o vencedor.

O pódio juntou Sebastian Vettel, verdadeiramente satisfeito com a sua prestação e do Ferrari, Lewis Hamilton, que reforça a posição na liderança do mundial de pilotos e Max Verstappen, o sobrevivente da equipa Red Bull Racing, em Spa-Francorchamps.
O GP da Bélgica deste domingo começou de forma insólita. Sebastian Vettel garantiu a liderança no que foi uma primeira volta caótica do Grande Prémio, na qual Nico Hulkenberg (Renault), que travou muito tarde, provocou um enorme acidente na Curva 1, embatendo com violência no McLaren de Fernando Alonso.

No acidente foram ainda atingidos o Sauber de Charles Leclerc, o Ferrari de Kimi Raikkonen e o Red Bull Racing de Daniel Ricciardo, que perceberam que a corrida deles acabaria naquele inesperado incidente.

O acidente podemos dizer, decidiu toda a corrida. Embora Lewis Hamilton que tinha a pole position  segurasse a posição mesmo com ataque de Sebastian Vettel, o acidente veio ditar o desfecho das 44 voltas que os pilotos teriam de dar ao circuito belga.
A travagem mal calculada de Nico Hulkenberg estragou definitivamente a corrida a outros quatro pilotos que apanharam com “as ondas de choque”: Fernando Alonso, Charles Leclerc, Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen. Com isto o Safaty Car entrou em pista, mas antes ainda de completar a primeira volta Sebastian Vettel desfere um segundo ataque e Lewis Hamilton, assumindo a liderança que não mais largou.
E pouco mais há a dizer do GP da Bélgica.
A Ferrari, que antes do período de Qualificação, era tida como favorita, acabou por puxar dos galões e conseguir uma importante vitória.

A estratégia da Scuderia passou apenas por uma paragem nas boxes para troca de pneus, que foi realizada com segurança de posição por parte de Vettel, que entrou, trocou pneus e regressou à pista com o primeiro lugar no “bolso”.
Nota final para o valoroso Valtteri Bottas que partindo da 17.ª posição trouxe o Mercedes até à quarta posição, fazendo uma recuperação fantástica.
A próxima prova, a 14.ª do campeonato, Fórmula 1 Gran Premio Heineken D’Italia 2018 realiza-se no Circuito de Monza de 31 de agosto a 2 de setembro.

Classificação Grande Prémio da Bélgica

Classificação de Pilotos

Classificação Construtores

#TablierMagazine
Fonte: F1.com | Fotos: F1.com / F1 Twitter

Related posts