HONDAJET AROUND THE WORLD

Na Tablier Magazine, sonhar faz parte da nossa maneira de ser. Nossa, e portuguesa, maneira de ser – que me desculpem todos os não portugueses já que, mesmo que não partilhem esta visão, serão todos igualmente bem-vindos! Aqui defendemos a liberdade de opinião, e de expressão.

Gostar de automóveis foi o ‘despoletar’ desta ideia (tablier.pt) livre de complicações para quem lê, adaptada a diversas plataformas, sem registos obrigatórios e sem publicidade ‘teimosa’ a interromper as leituras que se desejam, isentas – autorizando a opinião nos artigos claramente assinados e a menção de índole publicitária no final de publicações que, um dia, serão um apoio à produção e manutenção deste projeto.

Estamos nos primeiros passos de uma reduzida e humilde equipa que partilha, de forma exploratória mas criteriosa, afincadamente, informação que pensamos ser do interesse de outros – alguns, talvez, que sonham como nós.

Será consensual achar que o “sonho comandou a vida” do fundador de uma marca que hoje também voa: a Honda. E, com isso, permitiu a um casal que circum-navegasse o nosso planeta, como outros, nossos antepassados, fizeram: eles pelo ar, os nossos, pelo mar.

Eu pertenço a uma geração que admira e aprecia os exploradores, natos… mas, também, a um a geração que viveu (e vive) “à espera” que os carros voassem, que fosse possível ter essa liberdade nas deslocações – hoje, acredito, que voar numa base de deslocação diária e em massa só será possível com a globalização de sistemas autónomos de navegação, por questões de segurança.

Ao contrário do que seria desejável, o egoísmo na condução parece ter suplantado o respeito pelos outros, pelas regras e pela própria integridade de cada um. Uma boa parte dos condutores autorizados assume um papel de desenfreada agressividade, falta de civismo e insensatez ao volante. É a triste realidade que os números da sinistralidade relacionada, bem sustentam.

Deixo aqui um vídeo diferente do habitual, de uma partilha que colhe a nossa simpatia… de uma condução que precisa de planeamento, rigor e segurança. De uma postura de paz, hospitalidade, tolerância e interesse pela cultura. Espero que, entre aqueles de nós que gostamos de carros, os aviões também sejam do vosso agrado (e reservo outros temas que queremos visitar, convosco, para um futuro próximo).

Veja o Vídeo:

Obrigado pela vossa companhia, pelas leituras e pelas partilhas.

Related posts