NISSAN MICRA: 5.ª GERAÇÃO CHEIA DE FOLGO

Na semana em que a Nissan faz a primeira campanha a nível nacional de 2018, sob o tema “Novos designs, novas tecnologias e novas emoções” ensaiamos o Micra, um citadino que na 5.ª geração, além da irreverência, está muito, mas muito mais bonito.

O nome Micra não é estranho a quem anda no mundo automóvel. Trata-se de modelo charneira da Nissan que, nas quatro gerações anteriores, 1983-1992 (1.ª geração); 1992-2002 (2.ª geração); 2003-2010 (3.ª geração) e 2010-2016 (4.ª geração) conheceu altos e baixos no percurso comercial muito devido à estética, que nem mesmo alguns facelifts conseguiram disfarçar.

Mas, o final de 2016 princípio de 2017 marcou a viragem e o ciclo ascendente da 5.ª geração do novo Micra que quer apagar alguma má memória que tenha ficado.

Existem 125 combinações cromáticas diferentes entre exterior e habitáculo

Mais comprido, mais largo e mais baixo do que o modelo da anterior geração, o Micra apresenta um exterior onde é visível a nova linguagem de estilo da marca nipónica. Linhas harmoniosas, frente elegante, onde se destacam as ópticas rasgadas e traseira musculada, com farolins em forma de “C” que se prolongam pelas laterais.

O Micra está disponível com 10 cores diferentes e é possível personalizar algumas partes do exterior com cor diferente do resto do automóvel. Algumas das partes onde é possível executar esta pintura são, o capot, os retrovisores e as jantes. Em contraponto com o exterior a Nissan oferece para o habitáculo a possibilidade de usar quatro colorações nas molduras decorativas e nas laterais dos assentos. As diferentes combinações cromáticas permitem criar, segundo a marca, 125 combinações diferentes. Aqui, personalização é palavra de ordem.

Habitáculo acolhedor e bem insonorizado

A primeira impressão, quando sentados ao volante é de que o Micra está espaçoso, apresenta acabamentos cuidados e construção sem falhas. Sinónimo de qualidade para a qual muito contribui a excelente insonorização do habitáculo. A possibilidade de incluir cor em alguns dos detalhes do habitáculo ajuda a criar um ambiente mais jovem e descontraído e, ao mesmo tempo, o reforço do bem-estar a bordo.

O painel de instrumentos é de fácil leitura e transita do Qashqai, assim como o Ecrã (TFT) Avançado Nissan de Assistência à Condução de 13 cm (5 polegadas) de alta definição, que mostra informação em tempo real e onde encontramos agrupados os avisadores de vários sistemas, conta-rotações, conta-quilómetros e o sempre útil computador de bordo.

As versões com nível de equipamento N-Connecta (a do nosso ensaio) e Tekna, os dois mais altos, têm na consola central ecrã tátil de 18 cm (7 polegadas) para operar o sistema de áudio, GPS, ligação Bluethooth, ver a imagem da câmara de ajuda ao estacionamento, entre outras funções. O ecrã tem boa qualidade de imagem e os menus são de fácil leitura. De realçar ainda que a resposta ao toque é rápida e a transição entre os diferentes menus bastante fluída, o que se aplaude. Este sistema multimédia é compatível com a tecnologia Apple CarPlay e Android Auto.

O volante, que tem boa pega, agrupa vários comandos, nomeadamente, os relativos ao sistema de som, Bluethooth, computador de bordo e cruise control.

O espaço no banco traseiro é bom acolhendo até três adultos, sem problemas. Este banco é rebatível em partes assimétricas, na proporção 60/40. No entanto, quando rebatido não forma uma superfície plana com o piso da bagageira, registando um ressalto de cerca de 13 cm. Por outro lado, a bagageira, é toda forrada e tem uma capacidade de 300 litros expansíveis a 1.004 litros, com o rebatimento do banco traseiro. Uma mais-valia no acesso aos lugares traseiros é a boa amplitude de abertura das portas traseiras.

Quatro níveis de equipamento

O Nissan Micra do nosso ensaio apresentava nível de equipamento N-Connecta, o terceiro numa escala de quatro. O nível de entrada Visia oferece, entre outros equipamentos, faróis de ativação automática, sistema de anti-colisão frontal, ar condicionado e rádio Bluethooth/USB. O nível seguinte, Acenta, acrescenta a este equipamento ecrã tátil de 18 cm (7 polegadas) e volante multifunções. O N-Connecta é reforçado com sistema Nissan Connect e ar condicionado automático e, por fim, o topo de gama Tekna, junta o sistema de áudio Bose Personal (que inclui altifalantes no apoio de cabeça do condutor, para experiência sonora mais imersiva), câmara 360º, escudo de proteção inteligente e pack de Segurança Plus.

Surgem ainda diversos sistemas de apoio à condução como o alerta de transposição involuntário de faixa com controlo por câmara e não por sensores (uma estreia no segmento).

Motor 0.9 litros a gasolina enérgico

O Micra que ensaiámos estava equipado com eficiente motor 0.9 litros a gasolina sobrealimentado que debita 90 cv às 5.500 rpm e um binário máximo de 140 Nm às

2 250 rpm. A este está acoplada caixa manual de 5 velocidades bem escalonada e suave no funcionamento.

Este motor tem, como principal caraterística, o trabalhar refinado. Embora seja um tricilíndrico sobrealimentado, como já referimos, exibe um funcionamento suave, quase indetetável ao ralenti e em baixa e média rotação. Apenas nas altas rotações se faz sentir, facto que ajuda a complementar a experiência de condução, pois como o Micra é muito ágil e tem direcção incisiva, incita a condução mais desportiva, principalmente em estradas sinuosas ou de montanha.

O conjunto de suspensões cumpre bem o seu papel, digerindo as imperfeições da estrada com firmeza mas nunca comprometendo o conforto dos passageiros. O sistema de travagem é competente.

A par do equilíbrio do chassis e da condução suave que proporciona, acrescentar que o Micra curva muito bem e que, em cidade, é ágil. A execução de manobras como, por exemplo, estacionar é facilitada com a ajuda da câmara colocada no portão da bagageira.

Quanto a consumos registamos em circuito misto (cidade/estrada) uma média de 5,8 litros/100 km. Uma média que reputamos de não excessiva tendo em conta que o percurso em cidade – o sistema ‘Start/Stop’ ajudou a conter o consumo –, foi superior ao de estrada.

Tendo como grande objetivo distanciar-se da imagem criada pela anterior geração o novo Micra aposta numa dinâmica jovem e desportiva a que junta a personalização cromática exterior/interior e motores a gasolina e diesel eficientes. Argumento com que pretende chegar ao topo da tabela de preferência dos portugueses.

Mais:

– Qualidade construção;
– Fiabilidade do motor;
– Economia.

Menos:

– Espaço entre bancos melhorável;
– Abertura dos vidros das portas traseiras manual.

Galeria de Fotografias (©Valdemar Jorge):

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
PlayPause
Slider

Ficha Técnica:

Nissan Micra 0.9 litros N Connecta

Arquitectura                          3 cilindros em linha
Capacidade                           898 cc
Alimentação                          Duas árvores de cames com injeção indireta. Turbo intercooler
Arranque motor(Stop/Start) Sim
Potência                                 90 cv/5.500 rpm
Binário                                   140 Nm/2.250 rpm
Tracção                                  Dianteira
Caixa de velocidades           Manual 5 velocidades
Suspensão F/T                      Tipo McPherson/Barra de torção e molas helicoidais
Travões F/T                            Discos ventilados/Tambor
Direcção                                 Assistida eléctrica
Diâmetro viragem mínimo    10,3 m
Comp./largura/altura             3,999 m/1,743 m/1,455 m
Pneus/jantes                          195/55 R16
Bagageira                               300/1004 litros
Velocidade máxima               175 km/h
Aceleração 0-100 km/h          12,1 s
Consumo médio                     4,4 l/100 km
Emissões CO2                        99 g/km

Preço a partir de: 17.150 euros

Saiba mais sobre: Condução Inteligente da Nissan

Sistema Inteligente de Manutenção de Faixa – Sistema avisa o condutor e corrige a posição da viatura se sair da faixa sem indicar com o pisca.

Aviso Inteligente Anticolisão Frontal – A baixas velocidades o sistema avida se detetar um risco de colisão frontal com um veículo ou peão, se não existir uma reacção imediata os travões ativam-se automaticamente.

Identificador de Sinais de Trânsito – Mostra do quadro de instrumentos os limites de velocidade durante a viagem.

Sistema Inteligente de Ângulo Morto – O sistema alerta se houver um veículo em qualquer um dos ângulos mortos da viatura.

Deteção de objetos em Movimento – Alerta se alguma objeto ou pessoa começar a movimentar-se de forma inesperada atrás da viatura.

Sistema de Faróis Inteligente – Veja melhor em estradas mal iluminadas sem encadear os restantes condutores. O sistema ativa os máximos e reduz a temporariamente para médios quando deteta um veículo em sentido contrário.

O concessionário para o distrito de Coimbra é Ferreira Morais & Morais.

Related posts