KIA REVELA NOVO CEED ANTES DO SALÃO DE GENEBRA

A Kia Motors revelou hoje o novo Ceed, em antecipação à estreia mundial no Salão Automóvel Internacional de Genebra, que se realizará de 8 a 18 de Março.

Esta é a terceira geração, do modelo projetado, desenhado, desenvolvido e construído na Europa e que «reforça a presença da Kia no segmento C com tecnologias inovadoras, um novo design mais amadurecido e atlético, bem como uma condução mais envolvente», revela a marca em comunicado.

Desde o início da produção da primeira geração do cee’d, em dezembro de 2006, na então nova fábrica da Kia na Eslováquia, foram construídas mais de 1,28 milhões de unidades.

Com a terceira geração surge também o nome renovado – cee’d passa a Ceed – consolidando a reputação de veículo para a “Comunidade da Europa e Europeu no Design” (Community of Europe, with European Design). O modelo da segunda geração totalizou mais de 640 000 unidades desde o início da sua produção, em 2012. Agora, na terceira geração «espera-se que o novo Ceed alcance um peso ainda maior do total das vendas da Kia na Europa», sustenta a marca sul-coreana.

Michael Cole, Diretor de Operações da Kia Motors Europe, salienta: “O Kia Ceed tem sido uma peça fundamental para o crescimento consistente que a nossa marca tem vindo a registar na Europa desde há mais de uma década. Criado para clientes europeus, o Ceed representou um evento marcante para a Kia quando foi introduzido, em 2006”.

“Partindo desta base sólida, o novo Ceed oferece um design verdadeiramente contemporâneo e muito característico, aliado a tecnologias avançadas que melhoram o conforto, a versatilidade e a segurança. Os novos motores e suspensões tornam a sua condução mais agradável e envolvente, continuando a oferecer os elevados padrões de qualidade a que os clientes da Kia estão acostumados. Este é dos mais inovadores veículos da sua classe”, sustenta o responsável da Kia Motors Europe.

O novo Ceed fará a sua estreia ao público no Salão Automóvel de Genebra, em março, onde será desvendado também um segundo tipo de carroçaria. Trata-se de um hatchback de cinco portas que começará a ser produzido em maio e as vendas, que ocorrerão exclusivamente na Europa, serão iniciadas no início do 3.º trimestre.

Peter Schreyer envolvido no projeto

O novo Kia Ceed foi desenhado no centro de design europeu da marca, em Frankfurt, Alemanha, sob a direção de Gregory Guillaume, Chefe de Design Europeu, e Peter Schreyer, Presidente e Diretor de Design. Transpondo o caráter de design desportivo e emocional do Stinger, apresenta uma aura de autoconfiança com o novo visual, que se revela emotivo e preciso na execução.

Mais baixa, mais larga e com um overhang traseiro (distância das rodas ao extremo da carroçaria) mais longo do que na versão anterior, a silhueta com habitáculo recuado do novo Ceed evidencia um visual atlético mais amadurecido. As linhas retas substituem as arestas arredondadas da geração anterior, ao mesmo tempo que a dianteira evolui graças à grelha ‘nariz de tigre’ e entrada de ar inferior mais largas. Recebe de série luzes de circulação diurna LED “Ice Cube” (inspiradas nas das versões GT e GT-Line da geração anterior). No perfil, as linhas retas afiladas prolongam visualmente o capot e proporcionam uma postura mais elevada a todo o conjunto. Uma maior sensação de maturidade e força é criada também pela linha de cintura, que agora percorre um plano mais horizontal. O novo Ceed adota igualmente um pilar C amplo, que se tornou uma marca de design da Kia nos últimos anos e reforça a postura de habitáculo recuado. Esta opção proporciona ainda à linha superior dos vidros uma nova e elegante forma de “meia-lua”. Na secção traseira, novas luzes de circulação diurna em LED conferem maior visibilidade – e reconhecimento – na estrada.

Superior qualidade dos materiais utilizados no habitáculo

No lançamento, a versão hatchback de cinco portas estará disponível com uma escolha de 12 acabamentos de pintura, acompanhados por ampla seleção de jantes com diferentes diâmetros e designs: jantes de aço de 15 polegadas, jantes de aço ou de liga leve de 16 polegadas e jantes de liga leve de 17 polegadas com estilo diamond-cut de dois tons.

O habitáculo revela-se mais ergonómico sendo evidente a superior qualidade dos materiais utilizados. A arquitetura interior dos veículos da Kia mais recentes foi adaptada a este novo modelo, com o tablier disposto horizontalmente a conferir-lhe uma aparência mais escultural, ininterrupta e esguia. Este design cria também mais espaço e uma maior sensação de amplitude para o passageiro da frente, proporcionando igualmente mais espaço na zona dos pés e uma visão mais desimpedida para a frente.

O tablier está dividido numa zona superior – para o sistema de infotainment com ecrã tátil “destacado” – e numa zona inferior, que inclui os controlos para o áudio, aquecimento e ventilação. Com uma disposição orientada para o condutor, a consola central torna-se mais fácil de utilizar durante a condução. Os acabamentos interiores apresentam materiais mais sofisticados e suaves ao toque, intensificando subtilmente o ambiente requintado e luxuoso do habitáculo. As superfícies recebem acabamentos com frisos metálicos ou cromados acetinados, e os clientes poderão escolher estofos em tecido, couro sintético ou pele genuína. O volante e o punho da alavanca de mudanças em pele também estão disponíveis opcionalmente.

Assente na nova plataforma “K2” da Kia, o novo Ceed é 20 mm mais largo (1800 mm) e 23 mm mais baixo (1447 mm) do que o modelo que vai sair de cena. A distância entre eixos mantém os mesmos 2650 mm, mas o overhang dianteiro foi encurtado em 20 mm (para 880 mm) e o overhang posterior foi aumentado em 20 mm (tendo agora 780 mm). A nova plataforma permitiu a criação de uma bagageira maior (agora com 395 litros), bem como um maior espaço ao nível dos ombros para os passageiros de trás e ao nível da cabeça na primeira fila de bancos, para além de uma posição de condução mais baixa.

Completa gama de motores e transmissões

Segundo a marca o «novo Ceed foi concebido exclusivamente para as estradas europeias, tendo em mente os clientes europeus. As suas características de condução e o seu comportamento foram aperfeiçoados relativamente à geração anterior, no sentido de melhorar o dinamismo e a envolvência da condução».

Neste sentido a nova suspensão totalmente independente proporcionará um comportamento em estrada mais ágil e de resposta mais imediata, complementado por taragens das molas e amortecedores revistas e por uma cremalheira da direção mais rápida. Os testes que foram desenvolvidos em estradas europeias e numa ampla variedade de pisos, tiveram como objetivo obter um equilíbrio que, mantendo o conforto, melhorasse o dinamismo, com maiores índices de controlo da carroçaria em curva e de estabilidade a alta velocidade.

A nova gama Ceed será propulsionada por um vasto leque de unidades motrizes, desenvolvidas para satisfazer as diferentes necessidades dos clientes. Nas opções a gasolina, surge uma versão atualizada do bem conhecido motor T-GDi (injeção direta de gasolina turbo) de 1.0 litros, que debita 120 cv, bem como o novo T-GDi de 1.4 litros. Substituindo o anterior motor GDI de 1.6 litros, o T-GDi de 1.4 litros “Kappa” produz 140 cv, 4% mais do que o seu antecessor, apesar da redução da cilindrada. O turbocompressor desta unidade motriz garante uma faixa de binário mais ampla do que a do anterior motor de 1.6 litros, proporcionando uma resposta mais rápida numa maior variedade de condições de condução, ao mesmo tempo que permite uma redução das emissões. Ainda na escolha a gasolina, também estará disponível o motor de 100 cv e 1.4 litros MPi (injeção multiponto).

A gama de motorizações do novo Ceed contará igualmente com o novíssimo motor diesel “U3” da Kia. Concebido para exceder os limites mais rigorosos estipulados pela mais recente norma de emissões Euro 6d TEMP, este novo CRDi (injeção direta common rail) de 1.6 litros utiliza a tecnologia de controlo ativo de emissões Selective Catalytic Reduction (SCR) para reduzir as emissões de forma significativa. Desta forma, produz menos dióxido de carbono, partículas e NOx comparativamente às anteriores motorizações diesel da marca. Disponível com dois níveis de potência (115 e 136 cv), este novo diesel de 1.6 litros produz 280 Nm de binário. Quando equipado com esta unidade motriz, prevê-se que as emissões de dióxido de carbono do Ceed sejam inferiores a 110 g/km de acordo com o novo Procedimento de Teste Harmonizado de Veículos Ligeiros a Nível Mundial (WLTP), quando convertidas para o Novo Ciclo de Condução Europeu (NEDC).

Todos os motores estarão associados a transmissão manual de seis velocidades, enquanto os novos motores T-GDi de 1.4 litros e CRDi de 1.6 litros também estarão disponíveis com a nova transmissão de dupla embraiagem de sete velocidades.

O novo Kia Ceed começará a ser produzido no 2.º trimestre de 2018 na fábrica da Kia em Žilina, Eslováquia, a par dos modelos Sportage e Venga. Com o início da comercialização marcado para o 3.º trimestre de 2018, o modelo usufruirá do compromisso de qualidade e da garantia de 7 anos ou 150 000 km que só a Kia oferece de série.

 

TablierMagazine

Fonte: Kia Portugal

Related posts